Jaipur-Travel-Guide.com

O Hawa Mahal, Jaipur – Palácio dos Ventos

O Hawa Mahal é uma bela extensão com imensas janelas do Palácio da Cidade, que é conhecido por se assemelhar com a estrutura de um favo de mel de uma colmeia. Desde a construção do Hawa Mahal em 1799, o edifício tornou-se numa estrutura icônica da cidade e o palácio cor de rosa de arenito é considerado como um dos melhores exemplos da arquitetura Rajput.

O Hawa Mahal – Palácio dos Ventos

O Hawa Mahal – Palácio dos Ventos

Traduzido, Hawa Mahal significa Palácio dos Ventos (Palácio das Brisas) e este nome é uma referencia ao inteligente sistema de refrigeração, que propaga brisas gentis através das divisões interiores mesmo durante os intensos verões de Rajastão. Este engenhoso design perdeu-se completamente após uma recente renovação, uma vez que foram instaladas janelas atrás de cada abertura das treliças. Então, atualmente o Palácio dos Ventos não possui vento.

Os Destaques do Hawa Mahal

O Hawa Mahal comporta-se como uma ilusão ótica a partir do nível da rua, de onde surge como uma estrutura massiva, mas o facto verdadeiro é que consiste apenas numa fachada elaborada, que é somente uma parte inconsequente do Palácio da Cidade. O Hawa Mahal cobre 5 andares e esta estrutura piramidal significa tanto a coroa do deus Hindu Krishna, como a cauda de um pavão a insinuar realeza e poder.

 

O palácio foi construído a partir de arenito cor de rosa, mas em 1876 as paredes exteriores foram pintadas com uma tinta de óxido de cálcio, que fornece a distinta cor rosa a Jaipur. O palácio foi desenhado em 1799 pelo arquiteto Lal Chand Usta sob a orientação do Marajá Sawai Pratap Singh, como uma extensão da “zenana” (compartimentos femininos), parte do harém do Marajá no Palácio da Cidade. A função original do edifício era permitir que as mulheres observassem o cotidiano da cidade, enquanto permaneciam invisíveis da rua e do nível plebeu.

As pequenas janelas em treliça foram niveladas de maneira a ser possível observar o mercado principal da cidade e a avenida central. Ao longo desta avenida passariam procissões reais e cerimônias religiosas à vista das mulheres escondidas atrás das belas janelas de treliça. Anos mais tarde, os quartos do Palácio dos Ventos caiu nas graças da família real de Jaipur, enquanto os quartos foram sempre consideravelmente mais frescos do que a maioria do Palácio da Cidade, devido ao constante fluxo de ar pelas janelas..

O Hawa Mahal – Palácio dos Ventos

O Hawa Mahal – Palácio dos Ventos

Esta separação forçada das muitas esposas e concubinas do Marajá do mundo exterior é conhecida por “purdah” e a origem da palavra significa cortina. O Hawa Mahal não contém cortinas, mas complexas grelhas de mármore que cobrem cada pequena janela nas varandas reconhecidas como “jharokhas”. O deslumbrante trabalho de treliça é melhor apreciado através do interior do palácio, onde é possível observar à vista desarmada o artesanato de elevada qualidade dos construtores.

Informação Turística sobre o Hawa Mahal

O Hawa Mahal é melhor observado a partir do exterior das muralhas do Palácio da Cidade, nas caóticas encruzilhadas em Badi Chaupad. Foi a partir destas ruas, que o povo pobre da cidade admirou e contemplou os estilos de vida sumptuosos e simplesmente inimagináveis, que eram vividos metros ao lado da sua extrema pobreza.

pt - uk it fr de es

Jaipur-Travel-Guide.com

O melhor guia da internet para Jaipur

Booking.com